Carboxiterapia no Rio de Janeiro

Carboxiterapia no Rio de Janeiro

Carboxiterapia no Rio de Janeiro

O que é a carboxiterapia?

A carboxiterapia é um tratamento estético realizado através da infusão de gás carbônico em

diferentes camadas da pele.

O método é usado desde 1777 para tratamentos da pele e, desde as primeiras observações científicas,

mostrou eficácia em regeneração dos tecidos e melhora da circulação sanguínea.

Essa técnica possui diversas aplicações, quando aplicado no rosto, aumenta a produção de colágeno,

já nas nádegas reduz a celulite e mas também combate a gordura localizada, destruindo as células de gordura,

podendo ser usado na barriga, flancos, braços e coxas.

Para que se possa ter todos os benefícios promovidos pela carboxiterapia e resultados duradouros,

o procedimento deve ser realizado pelo dermatologista, fisioterapeuta dermatofuncional ou

biomédico com habilitação em estética.

Para que serve a carboxiterapia?

O gás carbônico atua dilatando os vasos sanguíneos e estimulando a formação de novos vasos sanguíneos,

promovendo melhor irrigação de sangue nos tecidos e, consequentemente, melhor oxigenação da região tratada.

Carboxiterapia dói?

A dor da carboxiterapia está relacionada com a entrada do gás que provoca um pequeno descolamento da pele,

o que gera um pequeno desconforto.

No entanto, a dor é passageira, e dura até 30 minutos, melhorando pouco a pouco, assim como o inchaço local.

Além disso, a tolerância à dor é muito individual e para algumas pessoas, o tratamento é perfeitamente tolerável.

Contraindicações

A carboxiterapia está contraindicada em casos de infecção ativa na região a ser tratada e

doença pulmonar que cause retenção de gás carbônico, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

Quais os Riscos?

A carboxiterapia é um tratamento estético com pouquíssimos riscos, sendo muito bem tolerado,

entretanto podem surgir alguns efeitos colaterais, como dor e inchaço no local da injeção,

sensação de ardência na pele e o surgimento de pequenos hematomas na região da aplicação.

No entanto a carboxiterapia está contraindicada em caso de flebite, gangrena, epilepsia, insuficiência cardiorrespiratória,

insuficiência renal ou hepática, hipertensão arterial severa não controlada, durante a gravidez e

alterações de comportamentos psiquiátricos.

Carboxiterapia no Rio de Janeiro

Faça uma visita!

Postado em Sem categoria