Ginecomastia no Rio de Janeiro

Ginecomastia no Rio de Janeiro

Ginecomastia no Rio de Janeiro

Ginecomastia é uma condição masculina resultante da hipertrofia das glândulas mamárias.

Costuma aparecer em meninos de 13 ou 14 anos, como consequência das alterações hormonais da puberdade.

Nesses casos, as mamas crescem por períodos de seis meses ou menos, para depois retornar ao tamanho normal.

Em cerca de 5% das vezes, entretanto, a hipertrofia persiste até a vida adulta.

Crescimento exagerado das mamas é mais frequente em homens mais velhos.

Ao exame físico, um a dois terços daqueles com mais de 70 anos apresentam uma ou as duas mamas aumentadas.

É fundamental lembrar que câncer de mama também ocorre em homens. Tumores malignos formam nódulos duros, indolores, localizados em um dos quadrantes da mama.

Eles podem invadir a pele, fixar-se aos tecidos mais profundos e provocar sangramentos e retrações de mamilo.

O câncer de mama quase sempre se instala numa única mama, ao contrário da ginecomastia que é bilateral em pelo menos metade dos casos.

Ginecomastia no Rio de Janeiro

A proliferação das glândulas mamárias, característica da ginecomastia, resulta de mecanismos que alteram o equilíbrio entre as ações da testosterona e dos estrógenos.

No final da puberdade, antes que a secreção de testosterona tenha atingido os níveis da vida adulta, os testículos e os tecidos periféricos podem produzir quantidades mais altas de estrógenos, suficientes para estimular o crescimento mamário.

Tumores malignos de testículo, eventualmente, secretam estrógenos por mecanismo indireto. Alguns tipos de câncer de pulmão, de estômago, de adrenal e de rim também o fazem, aumentando a proliferação das glândulas mamárias.

Nessa circunstância, a correção cirúrgica está indicada, especialmente no caso dos adolescentes, para evitar problemas emocionais. A cirurgia consiste em remover parte do tecido glandular e da gordura ao redor do mamilo.

A ginecomastia é mais frequente nos homens mais gordos. O tecido gorduroso produz enzimas, dotados da propriedade de converter certos precursores da testosterona em estrógenos.

Faça uma visita!

Postado em Sem categoria